::Puma 1600 GTS Conversível::

Publicado: dezembro 15, 2008 em Uncategorized

Lançado oficialmente em 1971, o Puma GTS tem ainda hoje uma legião de fãs e admiradores dos modelo espalhados por todo o país e ainda em produção na África do Sul. Construído com base na macânica do VW Fusca 1600, o Puma GTS tornou-se logo um objeto de desejo naquelas épocas de importações restritas e pouca diversidade dentre os modelos nacionais, onde eram constantes as aparições de modelos fora-de-série.

O exemplar desta matéria é de propriedade do amigo Eduardo São Clemente de Joinvile/SC e foi meticulosamente restaurado ao longo de alguns anos, onde se encontraram problemas, peças raras, histórias pra lá de interessantes e um mistério.

Após duas restaurações, na primeira para deixar o carro como o proprietário “achava” que era o certo e a segunda já com o auxílio de fotos e matérias de época, afinal, a dois anos atrás não haviam tantas informações sobre o modelo circulando na internet, Eduardo teve uma grande surpresa ao ver algumas fotos do Salão do Automóvel de 1973: Um Puma 1600 GTS exatamente igual ao seu estava lá exposto e com a ajuda de um colega passou a suspeitar ainda mais da aparição de seu carro no Salão já que seu carro fora produzido dias antes conforme documentos e não se tem notícia alguma do exemplar exposto. Este pretexto serviu apenas para que Eduardo aumentasse ainda mais sua paixão por seu exemplar.

Na primeira restauração voltaram as lanternas, as grades dianteiras, a luz de placa e a bolha, que foram exirpadas e alteradas pelos antigos donos, enquanto na segunda as demais características foram trazidas de volta com direito a alguns mimos, como o espelho retrovisor ovalado aposto sobre o para-lama como nas versões GT’71. Um dos ítens mais difíceis de achar foram as rodas originais, que consumiram boa parte do tempo de Eduardo.

“Procurei as benditas rodas por meio mundo e nada, até que um dia achei um jogo em uma cidade aqui perto. O jogo estava uma merda: Eram 4 rodas dianteiras, todas porosas (magnésio) faltando pedaço, etc… Mesmo assim, a dona da loja me pediu R$400,00 em cada roda. (Acho que não consegui esconder muito bem meu interesse). Ofereci trocar pela minhas cruz-de-malta com pneu novo e tudo, pois eram 13. Não teve jeito e desisti. Um dia, navegando pela internet, entrei no site da Copa Fusca, em São Paulo, e notei que a maioria dos fusca usavam rodas do mesmo modelo que eu tanto queria. Passei a ligar para os números dos patrocinadores nos adesivos dos carros. Coisa difícil, pois a maioria das lojas nem sabia que tinham patrocinado um Fusca. Então achei o endereço da página de uma imobiliária, onde o nome do diretor é Francisco e o do piloto Chicão. Aí foi mole prá achar os fabricantes das rodas.” – diz Eduardo, recompensado por seu esforço.

Adepto de viagens e passeios a bordo de seu Puma, ele resolveu que o motor boxer, de 1.600cc, refrigerado a ar, com dois carburadores e ignição eletrônica merecia um certo “talento” para não fazer feio nas estradas. Balanceou o virabrequim, aliviou o volante do motor, otimizou a admissão e instalou um comando um pouco mais bravo para melhor rendimento em estradas, local onde este Puma mostra suas garras. “O proximo passo será dimensionar o escape (vou perder o ronco) e quando arrumar uma $$$ colocar 2 Weber40.” – planeja Eduardo.

Grande abraço a todos!

comentários
  1. Belo exemplar.Aproveito para retribuir os votos de Boas Festas.forte abraço

  2. Cisco do Blog. disse:

    Por que voce não tenta fazer o veneno oficial que a fábrica Puma oferecia?Eu tive um motor feito no representante Puma do RJ (em 1973) e a receita era: comando de valvulas P2, valvulas 40, carburadores Solex 40 (corpo simples), kit (pistoes/camisas/aneis) 88mm do SPII, eixo 78mm, bomba de óleo para carter seco e reservatório para 6 litros de óleo. Meu Kanrmann Ghia com esta receita voava!!! Todas as peças vc encontra para vender zero Km, menos os carbs, que podem ser comprados numa restauradora.Abraço.existem outras formulas que a PUMA oferecia originalmente (1.7, 1.8 etc)… a proposito, um amigo meu de brasilia precisa de dois coletores originais de admissão para carbs 32mm. Voce sabe quem tem para vender? Francisco (contato@654sports.com.br)

  3. .:run4fun:. disse:

    Cisco, o veículo em questão não é meu. O Eduardo tb é um aficcionado por essas modificações. Vou passar teu contato para ele para que vcs troquem mais informações.[]’s

Gostou? Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s