::’32 Ford Model 18 3-Window Coupé::

Publicado: julho 29, 2009 em 3 Window, Coupé, Ford, Model B

O ano é 1932. Para alguns, apenas uma data. Um ano. Apenas isso. Sem grandes acontecimentos, sem grandes marcos para a história, sem nada que chame a atenção para mais um ano do calendário. Apenas mais um ano se este fosse um blog sem objetivo e aqui tenho um: CARROS!!! Não me importa o ano, modelo, motor ou mesmo marca. Tendo quatro rodas, volante, banco e um motor, estou satisfeito!

Pois bem, senhoras e senhores, resgatemos um pouco do vintage deste blog. Foi em 1932 que a ford passaria a produzir em escala o seu primeiro motor V8 Flathead. Um marco. Como inicialmente a Ford produziu o “Model B” (sucessor do famoso Model A, o primeiro carro produzido em série do mundo) apenas com o raquítico motor de quatro cilindros, nada mais certo e marketista do que modificar o nome do modelo quando o propulsor adotado fosse outro mais potente: Nascia então o Ford Model 18, onde o numeral 1 seria a designação da primeira geração de motores em “V” e o numeral 8 seria a quantidade de cilindros deste novo motor. Comercializado em uma infinidade de variações de carrocerias, o Model 18 (ou “B”, como queiram), além das duas opções de motor de quatro e oito cilindros, podia ser adquirido nas configurações de Roadster com duas portas, Conversível com duas porta, Phaeton de quatro portas, Sedan de duas ou quatro portas, Woodie Station Wagon de quatro portas, Victoria de duas portas, Sedan Conversível de duas portas, Panel e Sedan Deliveries (entregas), Coupé com cinco janelas e Coupé com três janelas. Esta última versão ainda poderia ser equipada com portas do tipo suicída. A grande variedade de carrocerias e motores (para a época) deixava clara a intenção da Ford em atender amplamente o mercado com os mais diversos produtos, chamando quase todos os consumidores para sí.








Na configuração de Coupé com três janelas e portas com aberturas comuns, surge o exemplar desta matéria. Completamente reconstituido e personalizado por Bruce Burton, um norte-americano de Albuquerque, Novo México/EUA, o modelo estava abandonado, mas íntegro, o que permitiu que muitas de suas partes pudessem ser aproveitadas sem recorrer constantemente ao trabalho artesanal de confecção de peças ou a utilização de fibra de vidro. Algo muito comum em modelos assim.



A carroceria completamente em aço possui o desenho mais cobiçado por amantes dos “Deuce”: Coupé de três janelas e recebe este apelido dado sua grande maleabilidade para modificações de carroceria e aptidão para receber motores maiores e mais fortes. No exemplar de Burton, o teto foi rebaixado em 3,7″, perdeu os pára-lamas e estribos laterais, além das capas laterais do motor, deixando este à mostra.

O modelo 18, ou B, originalmente recebeu algumas heranças do Ford A e estas foram mantidas no exemplar de Burton. O agregado de suporte do motor é o mesmo do modelo anterior e foi mantido por estar em ótimas condições, mas o chassi é dos Deuce. Todo o conjunto foi restaurado, tratado e pintado enquanto as molas, braços, eixos e amortecedores do sistema de suspensão, além do braço de direção receberam tratamento e cromo, demonstrando o tamanho do cuidado com os detalhes na personalização deste Hot. A carroceria após o trabalho de rebaixamento do teto também recebeu tratamento e uma bela pintura sólida idealizada pelo proprietário batizada de Burton Crimson Red. O teto em lona não é removível e nem mesmo escamoteável. A explicação de sua utilização é por que à época, não existia ferramental ou mesmo soluções que sanassem a grande torção da carroceria. Com isso, os tetos eram confeccionados com um trecho em lona para que a torção não afetasse a estrutura. É como diz o ditado: “Quem não tem cão, caça com gato!”.



O motor Flathead não foi aproveitado. Como o carro foi personalizado e não restaurado, Burton não se preocupou em manter o original, até por que, o motor Flathead não renderia o esperado. Burton partiu então para um outro V8 de 371″ J2 de um Oldsmobile que foi preparado por Frank Brown utilizando um comando Engle com polia ajustável, distribuidor do tipo hall feito por Joe Panic e cabeçotes trabalhados com válvulas maiores para melhor fluxo. A alimentação é feito por um trio de carburadores. O câmbio é um THM 350 (ou Turbo 350, como é conhecido nas pistas de arrancada) hidramático de três velocidades adaptado ao motor 371″ V8. O escape e a tampa de válvulas foram feitos à mão e a tampa recebeu cromo para destacar-se no motor vermelho.



Os freios são a tambor nas quatro rodas, tendo sido revisados e adaptados de um Lincoln para receberem as rodas Halibrand em magnésio sólido de medidas 5×16″ na dianteira e 5,5×18″ montadas em pneus Firestone Vintage Bias-Ply, conferindo uma estética bastante peculiar ao Hot.

Montado por Jamie Johnson e Jim Johnson da empresa Hot Rod Haven, em Albuquerque/NM, este Hot é para Burton a materialização de um sonho.

Abraços!

comentários
  1. Celso disse:

    Fico feliz em saber que esse tipo de esmero em projetos de hot´s já pode ser encontrado no Brasil! Pena que tudo tem um preço né! hehehe Parabéns pela matéria!

  2. Filipe disse:

    feito no caprixo hein…
    mas um v8 deve incendiar esses pneuzinhos ai heheheheh

  3. J&k disse:

    amigo rafa, nao sou fã de rots, mas devo admitir que estamos diante de um belo trabalho!!!

    parabens pela materia!!!

    abraços

  4. Anonymous disse:

    peço ajuda viroxtoxick@hotmail.com

    amigo sabe-me dizer o preço hoje
    de um desses restaurado sem muitas mudificações???
    por favor infor-me pó mail
    felicidades e
    mt obrigado.

  5. ivo disse:

    meu amigo, o meu sonho é fazer um Ford 1934 com chassi de opala e carroceria de fibra, ainda chego lá, o seu é dar nota 10.

Gostou? Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s