::[PROCURAM-SE] Cavalos perdidos na 5ª Etapa do Racing Festival::

Publicado: outubro 21, 2010 em 600cc, Honda, Hornet, Racing Festival, Rafa Paschoalin
No sábado passado, por pouco (muito pouco mesmo), não sou excomungado e imputado a um exorcismo. Era manhã e eu estava com minhas filhas em um batizado em uma pequena capela. De repente…

“Gimme fuel
Gimme fire
Gimme that which I desire
Oh

Yeah
Turn on, I see red
Adrenaline crash and crack my head
Nitro junkie, paint me dead
And I see red
…”

Imaginem tocar “Fuel” da banda Metallica (toque do meu celular) em alto e bom volume enquanto a capela inteira te olha com ares condenação e você, desesperadamente tenta tirar o telefone do bolso e desliga-lo. Ufa! Após a vergonha alheia, coloquei o celular no silencioso e olhei discretamente o número. DDD 11 é de São Paulo. “O Rafa (Paschoalin) deve ter chegado agora” – pensei. Viera para competir no Racing Festival @ Brasília/DF.

.:run4fun:.

Dali a pouco ele liga novamente e atendo, afinal, já estava com a moral mais suja que pau de galinheiro após o concerto de rock’n roll em plena bênção:

– Coé! Rafa?
– Opa, cara! É o Rafa de São Paulo!
– Já imaginava! Achei que chegaria ontem.
– Pois é cara, o carro quebrou na estrada e atrasou toda minha vida.
– Susse, mas e aí? Já em Brasília?
– Tô sim! Já no autódromo. Tenho tua credencial aqui! Vem buscar!
– Cara, tô em um batizado. Vou a tarde, pode ser?
– Claro! Chegando me liga!
– Beleza!

Saimos do batizado, dei almoço para as minhas pequenas crias e desovei-as na casa da avó. Chegando no autódromo reconheço o Rafa pelo numeral de sua Honda Hornet 600cc #113 e após uma breve apresentação vejo-a subir para uma passada no dinamômetro.

.:run4fun:.
.:run4fun:.
.:run4fun:.
.:run4fun:.
.:run4fun:.
.:run4fun:.

– E aí? Já rodou hoje?
– Já sim, vou largar em 13º amanhã. A moto não está rendendo…
– Quê que tá pegando?
– Sei lá… não rende tanto quanto deveria. Você já leu lá no blog…
– Já sim. Tem algo que eu possa ajudar aí?
– Nada, tá sussegado. Por hoje já acabou o treino e vou só ver o quê mais dá pra arrumar aqui.

Nisso rumamos para os boxes e lá ele me apresenta seu amigo Rafael da Wings Racing e sua bela namorada Mariana. Conversamos um pouco, falamos besteiras irrelevantes (nisso sou mestre, ainda mais quando não conheço, pra quebrar o gelo – há quem se assuste) e fiquei por lá só biscoitando, tentando sentir um pouco do clima da competição que, naquele dia, estava no final. Fiz umas ligações e descolei um hotel próximo para o Rafa e sua namorada. O RafaWings ficaria na casa de um amigo. Gostaria de poder oferecer um quarto lá em casa, mas estamos em reforma e tá um caos aquilo lá (desculpe e obrigado pela compreensão, Rafa!).

Domingão, início do horário de verão, uma hora a menos no meu sonão, um calorão (chega de propaganda de cerveja) dosinfernos e chego no autódromo pelas 08:30hs. O Rafa já havia saído para a pista e dentro de uns 30min começaria a prova. Galera, 30 minutos podem parecer uma eternidade, mas lá nos boxes, parecem 30segundos!!! Cheguei e rumei direto para o box do Rafa. Mariana já agoniada pediu ajuda pra levar umas coisas para a pista: cobertores de pneus, um treco de metal que parecia um equipamento de tortura sado-masoquista e um outro que parecia um cavalete para a roda traseira (esse eu conhecia pois já tinha visto pela TV). O amigo RafaWings chegou correndo e saudou-me com um “PUTZ! Chegou bem na hora! Vamos correr lá!”.

.:run4fun:.
.:run4fun:.

Daí em diante meu dia foi assim: Corre pra lá, carrega cobertor, corre pra cá, pega um cavalete, sobe numa cegonha, tira fotos, corre pra ponte, mais fotos, voooooolta pro box, coloca cobertor… muito bacana!(aqui entra um enorme parágrafo-explicativo).

Galera, NUNCA na minha vida eu sequer liguei uma moto. Quando pequeno, andei de garupa com meu tio que curte motos e, apesar de gostar muito, nunca pilotei uma. Não sei ligar, não sei trocar marcha, NADA! O máximo que faço é manobrar a 125cc daqui da empresa pra guardar quando o funcionário não está, ainda assim, desligado. Mas eu estava lá… principalmente para aprender.

Aquele acessório sado-masoquista era na verdade um cavalete para a roda dianteira, que eu não sabia sequer onde encaixar para poder suspender a moto. No alinhamento da largada, RafaWings colocou o cavalete traseiro e foi encapando o pneu (certamente ele achou que eu saberia o que fazer com o cavalete dianteiro) e eu fiquei lá, paradão com o equipamento nas mãos até que falei para a Mariana: “Como é que coloca isso?!”. O Rafa teve que sair da moto e colocar, pois o novato aqui nem pra desdobrar a engenhoca serviu! Só rindo mesmo…

.:run4fun:.
.:run4fun:.
.:run4fun:.
.:run4fun:.

Na primeira bateria, Rafa largou em 13° e chegou a andar em 7º em algumas voltas, mas daí os cavalos-fujões fizeram falta e a distância dos primeiros colocados, fizeram Rafa perder preciosos segundos, fazendo com que seu rendimento caísse e ele fosse ultrapassado. Chegou ao final da primeira bateria em 10° lugar.

Quem vê pela TV ou mesmo pelas arquibancadas não imagina como é aquilo lá! Você enxerga aquele monte de box, todos coloridos, cada um com seus mecânicos, tudo organizadinho, sincronizado… de dar gosto! Realmente, é aquilo mesmo, mas apenas para os pilotos que tem seus super-patrocínios e equipes inteiras a seu dispor.

.:run4fun:.
.:run4fun:.
.:run4fun:.
.:run4fun:.
.:run4fun:.
.:run4fun:.
.:run4fun:.

Apenas no Domingo foi que realmente caiu a ficha e fui perceber que a equipe do Rafa eram seu amigo e sua namorada! SEMPRE!!! O cara mal terminava a prova, tirava o macacão e já estava acertando a moto novamente para a próxima bateria. Folga daqui, aperta dalí, regula acolá, chama um outro amigo para dar uma olhada na queima das velas, dos parâmetros dos sensores… tudo na tentativa de entender ONDE DIABOS FORAM PARAR os quase 10cv perdidos “do nada” entre sábado e domingo! Um verdadeiro exemplo de amor e dedicação ao esporte-motor.

Nesta altura do dia, eu já sabia colocar o cavalete dianteiro, o traseiro, encapar e desencapar os pneus e comprava água e refrigerante como ninguém!
= D

Rolaram ainda as baterias do Formula Future e Trofeo Linea, mas nem me esquentei com fotos deles. Até tenho umas, mas não valem a pena a postagem. Fiquei longe, minha câmera caseira não ajuda em nada com seu zoom de 3x e estava lá para focar mais a estada do Rafa e sua trupe pelo planalto central. Querem boas fotos do evento completo? Vejam a cobertura completa do evento no site Digus

Na segunda bateria, mesma posição de largada (13º lugar) e novamente a falta dos cavalos falou alto, deixando Rafa sozinho na pista após a 4ª volta (ao menos pude tirar boas fotos dele destacado na pista! – “puta lado positivo”, disse ele). Chegou em 13° lugar, mas foi promovido à 12ª colocação após uma desclassificação.

.:run4fun:.
.:run4fun:.
.:run4fun:.
.:run4fun:.
.:run4fun:.

Deu um tempo, descansou, conversamos mais um pouco, passeamos pelos boxes, aguardamos a liberação da moto. O tempo ameaçava chuva e Rafa resolveu juntar seus badulaques para colocar no carro. Ajudei no que pude e conhecia. É muita tralhaiada necessária para um evento! Mas o Rafa até que é organizado e a Mariana é cuidadosa. Enquanto ele e o RafaWings colocavam a moto na carreta e as coisas na Fiorino, eu e Mariana iamos arrumando as coisas que ficaram no box. Tudo guardado, carro fechado, moto na carreta, algum papo furado e as despedidas.

Um grande piloto, um cara bacana, um entusiasta inveterado. Quer parar de correr com motos este ano ainda, mas já adquiriu um Chevrolet Celta que vai ser devidamente preparado para correr no Pikes Peak Hill Climb. Depois de conhecê-lo pessoalmente, não duvido.

.:run4fun:.

Rafa, obrigado pela oportunidade de te acompanhar nesse final de semana. Desculpe a falta de jeito com os equipamentos e por quaisquer outras coisas que possam ter ocorrido.

EU CURTI PRACARALHO!!!

Então tá certo. Em 2011 vou comprar uma moto pra mim. Mostrei alguns vídeos para minhas pequenas e a mais velha pediu:

– Papai, compra uma moto pra gente andar?
– Claro filha! (Qual pai negaria um pedido tão doce?)

Aguardem o novo projeto…

Abraços!

comentários
  1. PedroJJ disse:

    hehehe
    legal Rafa, tbm acho muito legal motos, mas para os outros

  2. "Amaral" disse:

    se for pra se divertir, moto é o que há.

  3. Rafa, legal demais o post!
    Obrigado mais uma vez pela ajuda. Com a certeza de que ganhei um amigo no planalto, pode contar comigo pro que der e vier. A paixão pela velocidade faz de nós irmãos de sangue (ou gasolina). Você foi fundamental para essa nossa etapa ai em BSB, pode ter certeza que sem a tua ajuda, tudo ficaria ainda mais difícil.
    Prometo voltar com mais calma para conhecer a família de dar um beijo nas meninas… e ai vou estar de Celta RWD – 400 cv e 800 kg.
    Abraçãooooo, Rafa Paschoalin #113

  4. Rafa, obrigado por toda a ajuda e também por este post.
    Você foi fundamental para o nosso fim de semana e se não estivesse lá, as coisas seriam bem mais difíceis.
    A paixão pela velocidade, com duas, quatro ou quantas rodas forem necessárias, nos torna irmãos de sangue (ou gasolina).
    Pode contar comigo sempre que precisar e me sinto na obrigação de voltar a BSB com mais calma, assim conheço todo o pessoal e também as suas meninas.
    Valeuuuu, Rafa Paschoalin#113

  5. Nobre disse:

    Olha aew, quero ver o Run de moto…hauhaa

    Curti muito o texto, parecia até que estava lá olhando…rsrsr

  6. Legal pra caramba ver esse post de motos aqui. Além de apaixonado por carros sou um fã apaixonado por motos. Cada vez mais teu blog tá de parabéns. Abração!

  7. Hebe disse:

    Parabéns pelo projeto, volks é sempre lindo esses antigos são marivolhos boa sorte!

Gostou? Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s