::Feliz dia das mães!!!::

Publicado: maio 9, 2011 em Dia das mães
Espere… é isso mesmo o que eu vejo? Espero que sim, pois não quero viver sozinho. Espere…

Sim! É isso mesmo o que vejo! Eu vejo anjos e eles me estendem suas mãos para que eu possa voar junto a eles! Mas eu ainda não estou preparado. Anjos me estendem as mãos para que eu possa estar sempre junto a eles, mas não posso dar um passo sequer para poder alcançá-los.

Então você percebe minha agonia. Você sabe que eu quero estar junto a eles, mas ainda não estou preparado para poder estar lá. Aí você segura meus braços e os abaixa. Recosta minha cabeça em seu peito e percebe uma lágrima escorrer por teu colo… você me acalenta e me acalma.

Já sussegado do pranto, olho em teus olhos e vejo o belo sorriso que sempre guardaste para todos os meus momentos de tormenta e agonia. Teus sinceros lábios beijam minha face selando toda a dor da impotência de não poder seguir junto aos meus anjos.

– Você ainda não está pronto. Fique aqui. Aqui é o seu lugar.

E os anos se passaram. Tormentas vivi e com o calor do teu abraço eu sempre pude contar, seja na tempestade dos meus eufemismos, seja no gosto amargo dos meus dessabores ou no auge da impaciência da minha ignorância, você sempre esteve lá para me mostrar o caminho certo a seguir, segurando minha mão como no primeiro dia de aula onde eu chorei por não querer desvencilhar-me. E eu continuava a buscar anjos.

– Você ainda não está pronto. Fique aqui. Aqui ainda é o seu lugar.

E eu sem querer entender o “por quê” daquela insistência na minha permanência por inúmeras vezes lhe agredi com minhas palavras ríspidas e portas batidas sem saber que naqueles atos era o teu coração que sofria, mas ainda assim eu fazia, como se você já não tivesse sofrido demais. Perdoa minha impaciência. Perdoa…

Então aprendi a pedir perdão.

– Erga as mãos e feche os olhos.

Naquele instante minh’alma encheu-se da mais pura paz e a leveza do respirar fez com que meus pés se desprendessem do chão.

– Jamais abra os olhos! Nunca olhe para trás! Arrependa-se apenas de nunca ter tentado! Erre querendo acertar, mas jamais acerte querendo errar! Não cultive aquilo que não podes cuidar e cuide com tua vida daquilo que plantares! Corações sangram de dor, mas a dor da decepção é maior! Sorria sempre. Teu sorriso iluminará teu caminho! Não há ferida maior que um bom abraço não sare! Torna-te o homem que sempre desejei que foste! Vista um casaco pois lá fora é frio, mas não deixe que o frio atinja teu coração! … – seu coração gritava aos berros enquanto meu caminho ia ficando mais longe de seus abraços.

Então alcancei as mãos de dois anjos e eles me mostraram um mundo novo. Tornei-me pai! Já ao longe, escutei-a gritar com toda a força de seus pulmões:

– MEU FILHO, EU TE AMO!

Por Rafael Souza

Obrigado Deus por permitir que minha mãe ainda esteja ao meu lado. Obrigado por todas as lágrimas, sangue e suor por ela derramado para que eu pudesse chegar onde cheguei hoje. Obrigado mãe por todo o carinho, amor e paciência em me mostrar o mundo como deve ser. Obrigado pelas surras, puxões de orelha e palmadas que me fizeram ser homem de verdade e saber que na vida ninguém vai apenas te beijar. Obrigado!

Um feliz dia das mães!

comentários
  1. Gustavo Mazzarin disse:

    Pedir minha mãe a menos de 20 dias, puts seria tão bom ela aqui.
    Suas palavras foram muito boas.
    Valeu cara.

Gostou? Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s