::Jóias de Família – Fiat Uno CS’88::

Publicado: junho 14, 2011 em 1.3L, 16", Connect, CS, Fiat, Uno
Jóias de família não devem ser vendidas. O valor inestimável, o apego sentimental e a dedicação em conservar aquele bem que deve passar por gerações deve ser valorizado. Não, não estou falando de um anel de brilhantes ou um colar de pérolas, mas de outra jóia que caiu na família de Paulo Eduardo Júnior, membro do Clube do Uno Brasil-CUB: Um Fiat Uno CS’88 equipado com um motor 1.3L de 59cv.

Como qualquer boa jóia este Uno precisou ser lapidado. Alguns anos e muito trabalho foi empregado para que chegasse no estado em que se encontra. O caminho a seguir ainda é longo e o momento não poderia passar desapercebido, afinal, este Uno encontra-se em sua melhor fase.



O carro foi adquirido em ’93 pela troca em um Fiat Spazio e foi incansável ao lado do pai de Paulo por longos 11 anos. Quando percebeu que o carro onde ele passara toda sua juventude poderia sair da família, Paulo juntou os trocados e resolveu dar o lance no Uno. O pai aceitou, adquiriu um Palio, enquanto Paulo deleitava-se com seu primeiro carro. Naquele ano, antes de anunciar a venda, o pai de Paulo reformou o carro alterando sua grade dianteira e faróis. Assim ficou por um bom tempo até que em 2008, com todas as peças em mãos, Paulo encaminhou seu pacato CS para uma boa funilaria e pintura com direito a voltar para a frente alta com todos os ítens originais. O mimo da época veio na forma de um jogo de rodas originias do Palio 500 Anos de medidas 5,5×14″ calçadas em pneus Michelin Energy XM1 de medidas 185/60-14″.


Com o passar do tempo, os upgrades foram surgindo. Um sonzinho melhor aqui, um kit de xenônio acolá, um par de faróis de neblina originais dos modelos da linha “R”… mas o que o Uno CS precisava era de um inteiror novo. Ainda com os bancos e forração internas originais por mais de 22 anos, os bancos já apresentavam desgastes difíceis de serem restaurados, a estrutura estava comprometida e isso aflingia Paulo. Eis então que em uma visita a um site de vendas nacional, Paulo se deparou com uma carcaça de um Fiat Coupé em Belo Horizonte. Ligou e perguntou sobre os bancos:
– Estão aqui! É em couro e os bancos estão perfeitos! R$ 700,00 leva!
Creio que mal deu tempo do vendedor terminar a frase e Paulo já estava no portão da loja com a grana na mão para levar os bancos para casa. Na negociação, Paulo arrematou ainda um volante do Fiat Tempra e um painel de instrumentos do Uno 1.5R. O banco traseiro foi enxertado com espuma e ganhou os mesmos moldes dos dianteiros.





Tudo muito lindo, mas agora era o exterior que precisava de uma atenção especial pois o interior já estava ótimo. Foi aí que apareceu no caminho um jogo de rodas originais do Fiat Stilo Connect de medidas 7,0×16″. Paulo tratou de calçá-las com pneus Maxxis Victra MA-Z1 de medidas 195/45-16″ para que não raspassem em nada da carroceria.



A suspensão fora retrabalhada com o uso de molas e amortecedores preparados para a nova altura e o feixe de molas traseiro foi desarqueado. A receita básica para um Uno rebaixado.

Hoje em dia é um carro de uso rotineiro, mas com todos os cuidados. “A ideia agora é colocar toda a mecânica do Palio 1.6 16v. Já estou visitando os leilões aqui em BH pra comprar o carro inteiro. Isso mesmo, o carro inteiro!!! Cheguei a fazer consultas em ferro velho para ver quanto ficava um conjunto de motor e câmbio mas os preços estão ficando próximos, dai resolvi que vou partir para a compra do carro inteiro. Já consultei o amigo Renato Hernandes sobre essa possibilidade, ele me deu todo apoio e muito provavelmente vai fazer o serviço pra mim pois o cara manja muito!”



Jóias de família tendem a ser bem tratadas para que perdurem até a próxima geração. Já perdi as contas de quantas vezes perguntei se o amigo venderia o Uno e as respostas cada vez ficavam mais distantes: “Não quero vender”, “vou dar este carro ao meu filho”, “Estou comprando outro carro para deixar o Uno só para o lazer”… até a hora em que parei de perguntar. Uma jóia de família não deve ser vendida.

Abraços!

comentários
  1. Celso disse:

    Rafa, você é suspeito pra falar dos Uno's… Deu até vontade de ter um desses agora!!!

  2. Anonymous disse:

    o animal só esqueceu de tirar foto de frente

  3. Rafatol disse:

    Idéias do mal pro meu Mille 90… E essa mega que não sai logo 😛

  4. Marcellus disse:

    Rafa, Sou CellusRJ da OKtane, pq nao monta uma pagina no facebook, estou copiando algumas fotos pro meu, e acho q voce podia pensar nisso é dez o blog !!

  5. Husky disse:

    é o que eu sempre digo. um carro mais velhinho bem cuidado chama muito mais a a tenção do que um novo.

  6. Deph disse:

    AH QUE COISA LINDA ! meu R ta quae la!

  7. Juliano Henrique disse:

    Rafa , seu blog é demais , leio sempre que dá tempo .

    Uninho fino ! ainda deixo o meu parecido . …

  8. Pardo disse:

    Por fora ele está perfeito, mas por dentro ficou meio “xuning”, principalmente por causa do painel do R, dos bancos de couro e a manopla Shutt (no saco) 😛

  9. Guii disse:

    lindo demais esse Uno, parabens ao dono!

  10. Guii disse:

    lindo demais esse uno, parabens ao dono!!!
    abraços, Kapim

  11. Fabinho® disse:

    Parabéns ao Paulo e a matéria!
    O Uninho está belo demais!
    Sucesso sempre!
    Abs.
    Fabinho®

  12. Antonio disse:

    Amigo eu gosto muito de fiat uno, talvez por causa de sua robustez e simplicidade. É um carro popular mas não deixa de ser o xodó do brasileiro.
    Resposta

Gostou? Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s